Tratamento com antivirais

Até o momento não há um tratamento antiviral eficaz para a COVID-19. Os medicamentos indicados ajudam no alívio dos sintomas, controle da inflamação e da coagulação que visam evitar a evolução da doença para um quadro respiratório grave. 

Dentre os antivirais testados o principal é o Remdesivir. Este é um análogo de nucleotídeo que age por meio de sua incorporação no RNA nascente do vírus, levando a sua terminação precoce. Estudos pré-clínicos realizados nos Estados Unidos demostraram a eficácia dessa droga na diminuição da carga viral de camundongos infectados com MERS-COV. Embora o Remdesivir tenha sido usado com sucesso no tratamento de alguns pacientes com COVID-19 na China, sua utilização não é recomendada em pacientes com comorbidades ou com sintomas moderados a graves da doença.

Devido ao longo tempo para a descoberta de novas drogas, acredita-se que os anticorpos monoclonais anti-SARS-CoV-2 serão as primeiras opções de antivirais a serem usados para o tratamento da COVID-19. Os anticorpos com atividade neutralizante para o Sars-CoV-2 foram identificados por vários grupos de pesquisa e vem sendo utilizados em ensaios clínicos fase II e fase III, tendo-se uma grande expectativa pelo produto final.

Escrito por:

Gabriela Burle
Instituição: Centro de Pesquisas René Rachou – Fundação Oswaldo Cruz.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1182460329644567

Isabella Hirako
Instituição: Centro de Pesquisas René Rachou – Fundação Oswaldo Cruz
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1184115154881325